Respostas

Vim até à praia para sentir nos pés a areia molhada e poder respirar o ar com cheiro a mar.

Vim para reenergizar, para descarregar energias negativas e me ligar à terra.

Há dias, como hoje, em que me sinto sufocar dentro de mim como se me afogasse num sentimento que não consigo definir mas que parece grande demais para o comportar.

Isto de procurarmos respostas que sabemos só poderão ser encontradas dentro de nós consegue ser avassalador.

Diz-se em Inglês “ignorance is bliss” (a ignorância é uma benção) e em momentos como este é tão tramadamente verdade…

É que, demasiadas vezes, as respostas que encontramos não são as mais fáceis de encaixar na vida que levamos.

Pelo contrário…

Obrigam-nos a perceber que este sentimento que nos sufoca é muitas vezes a recusa em aceitarmos algumas dessas respostas pois que poderão alterar por completo um rumo há muito definido e que, mais ou menos confortavelmente, nos habituámos a seguir.

Conquistar o medo para conseguirmos aceitar que a mudança é necessária e nos decidirmos a agir não é fácil mas hoje li uma frase que dizia algo como “Um pássaro, ao poisar, não receia que o ramo seja demasiado fraco para o sustentar porque confia nas suas asas”.

Assim terá que ser…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s